Skip to content

Vôlei de Praia

O vôlei de praia tem sua origem ligado ao vôlei de quadra. Assim como os praticantes do futebol passaram a disputar partidas na areia, os admiradores do vôlei levaram o esporte para as praias. Há registros de jogos de vôlei de praia em 1915, nas praias do Havaí, Estados Unidos.

Mais tarde, passou a ser jogado na praia de Santa Mônica, na Califórnia. Assim, o que foi uma recreação entre amigos que estavam curtindo o verão, acabou por se tornar um esporte olímpico. Com a profissionalização do esporte na década de 70, nos Estados Unidos, o vôlei de praia ganhou impulso em todo mundo.

No Brasil, o vôlei começou nas praias do Rio de Janeiro, na década de 30, e nos anos 50, aconteceram os primeiros campeonatos amadores masculinos em Copacabana e Ipanema.

Vários jogadores da “geração de prata” do Brasil disputaram os primeiros campeonatos profissionais realizados no país, nos anos 80. A década seguinte será um marco para a modalidade no país, pois foi criado o Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia, com cinco etapas.

Com isso, o esporte ganha espaço na mídia e conquista mais torcedores. Já o vôlei de praia feminino realiza seus primeiros campeonatos no País e duplas de brasileiras participam da demonstração nos Jogos Olímpicos de Barcelona (1992) e conquistam medalhas em Atlanta (1996).

Durante a Gymnasiade 2022, disputada na França, os brasileiros Henrique e Gustavo conquistaram o ouro, medalha que mais uma vez ajudou a colocar o Brasil entre as principais potências esportivas do mundo.

Modalidades Oficiais


plugins premium WordPress