Skip to content

Notícias do JEB´s

Robô gigante, dança, coral e pirotecnia cenográfica marcam lançamento do JEB’s

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Por: Bê Viana e Mariana de Sá

Davi Villa / CBDE

Logo no hall de entrada, os estudantes-atletas ficaram com a adrenalina nas alturas. O motivo da surpresa: no lançamento dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s 2023), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, na sexta-feira (27.10), em Brasília, eles foram recepcionados por um robô gigante, com cerca de 4 metros de altura. Com movimentos parecidos com o humano, o brinquedo de cor laranja no corpo tinha a cor verde neom para destacar olhos, sobrancelha, braços e a sigla da CBDE no peito. Não faltaram suspiros, risadas e fotografias para registrar o momento.

Após a apresentação da ginástica artística, o Hino Nacional foi interpretado pelos alunos do coral da Escola Militar de Brasília. O grupo que estava vestido a caráter, com uniformes de gala, foi conduzido pelo Sargento Silva.  Já na segunda apresentação cantaram músicas como “Oh, happy day”- frase em inglês que significa “oh dia feliz”.

Davi Villa / CBDE

O tão aguardado desfile das delegações, com alunos entre 12 e 14 anos, conduzindo as bandeiras de todos os estados foi um dos pontos altos do evento. Iniciou por ordem alfabética, com o Acre, e finalizou com o Distrito Federal.

Sede do jogos em 2024

Um vídeo produzido pelo governo do Pernambuco trouxe a informação que o Estado será a sede do JEB’s em 2024. O material veiculado garantiu, por meio de declarações dos secretários de Esporte e Turismo, Executiva, Educação que o estado pernambucano está unido na empreitada: “estamos prontos para receber os jogos”.

Fogo simbólico

O acendimento o fogo simbólico dos JEB’s foi surpreendente. Na arquibancada, os estudantes-atletas acenderam seus bastões coloridos, iluminando o espaço com luzes apagadas. Foi quando um quarteto de patinadores do DF, representante do Brasil no Mundial da Colômbia, adentrou.

Davi Villa / CBDE

No palco, JacaJEB’s, o mascote dos jogos escolares acompanhava tudo e perto, sempre dançando e animando a festa. As patinadoras Cecilia de Lamartini, Júlia Fontanide, Júlia Zenini e Maria Fernanda Esmeralda, literalmente deslizaram por todo auditório, fazendo uma espécie de revezamento. A pira foi repassada às mãos da estudante do DF, Mychelle Rodrigues de Souza, 14.

Atleta da modalidade de atletismo, Michele conduziu a pira dos JEB’s ao centro do palco. Ao acender a chama dos Jogos Escolares, ela literalmente incendiou o espaço, por meio de um espetáculo cenográfico de pirotecnia onde as paredes de todo palco ilusoriamente pegaram fogo. O espetáculo arrancou aplausos e emocionou os presentes.


plugins premium WordPress