Skip to content

Notícias do JEB´s

JEB’s proporciona desenvolvimento com regulamento inclusivo nas disputas coletivas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Nullam ultrices orci mi, quis venenatis odio convallis sed. Mauris facilisis varius quam. Donec dapibus lectus sed tempor accumsan.
Handebol - Foto: Matheus Bacellar

Poder disputar um volume de partidas que permita a vivência de experiências diversas é, sem dúvida, parte fundamental no desenvolvimento de um jovem atleta. Receita de sucesso nas competições da CBDE, o regulamento das modalidades coletivas com séries ouro, prata, bronze e cobre é um combustível extra na chama dos Jogos Escolares Brasileiros.

Basquete, handebol, vôlei e vôlei de praia começam suas disputas no dia 30 de outubro, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. São mais de dois mil estudantes-atletas agrupados nessas modalidades e todos terão a oportunidade de disputar, ao menos, cinco partidas. Nada de perder um jogo e voltar para casa. O regulamento dá, tanto dentro de quadra quanto fora, a oportunidade de convivência e desenvolvimento.

Como funciona o regulamento com as séries?

A competição nas modalidades coletivas será disputada em quatro séries: Ouro, Prata, Bronze e Cobre. Para definir quais escolas vão integrar cada uma delas é feita primeiramente uma fase classificatória. As equipes são divididas em oito grupos, sendo quatro chaves (A, B, C e D) compostas por quatro equipes e outras quatro (E, F, G e H) compostas por três equipes, definidas em sorteio.

O sistema de disputa é de rodízio simples, no qual todos se enfrentam dentro do próprio grupo em jogos só de ida. Vale lembrar que cada modalidade tem regulamentos específicos, que serão aplicados nos jogos e vão definir critérios desempates. 

(Tabela 1)

Os primeiros colocados da fase classificatória integram a Série Ouro, que define o campeão geral dos JEB’s. Mesmo sem poderem conquistar o título principal, os demais times terão a oportunidade de seguir em disputa por uma medalha dentro das demais séries. Os segundos colocados da primeira fase formam a Série Prata, os terceiros formam a Bronze e os quartos classificados formam a Série Cobre.

A partir daí, as equipes jogam partidas únicas e eliminatórias em uma tabela pré-definida pela organização. Os vencedores avançam à fase semifinal, enquanto as equipes que sofrerem revezes continuam jogando e disputam da quinta à oitava colocação de suas séries.

(Tabela 2)

Na fase semifinal o padrão segue o mesmo. Os vencedores passam para a final e os que perderam jogam pela terceira colocação da série disputada. 

Os campeões de cada série levantam o sonhado troféu após a disputa da aguardada final, no dia 4 de novembro. Uma festa dessa magnitude merece oportunidades para todos.


plugins premium WordPress