Skip to content

Notícias do JEB´s

Emoção e qualidade técnica marcam encerramento da Ginástica Rítmica

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Com leveza, alegria, sorrisos, brilhos e medalhas, as meninas da Ginástica Rítmica encerraram suas participações nos Jogos Escolares Brasileiros, na noite desta sexta-feira, 29 de outubro. Mais de 80 estudantes-atletas, de todas as regiões do país, desfilaram simpatia e muita técnica em suas rotinas individuais, com os aparelhos arco e maças, assim como nas apresentações de gala.

Terceira colocada da rotina de maças, Lavínia Silvério, de Minas Gerais, comentou a emoção de participar de seu primeiro brasileiro escolar e a expectativa em representar o Brasil nos Jogos Sul-Americanos da modalidade, que acontecem em novembro, na Colômbia.

“Foi muito bom confraternizar com ginastas de todo o Brasil aqui no JEB´s, eu achei um aprendizado incrível. Fiz amizade com as meninas dos outros estados e também acompanhei atletas de outras modalidades. Estou muito feliz, porque sempre foi meu sonho. Agora, eu embarco para o sul-americano, e estar aqui foi um preparatório emocional, para mostrar pra mim mesma que eu consigo e que sou capaz. Estou mais tranquila e preparada para o próximo desafio”, disse.

Emoção semelhante a de Alice Medeiros, de Pernambuco, que conquistou a medalha de bronze no individual geral, e não vê a hora de compartilhar seu feito com os amigos.

“Eu não sei como vai ser, porque acho que eles ainda não sabem que eu ganhei. Mas eu vou chegar lá com a medalha e todo mundo vai ficar orgulhoso. O evento foi muito bom, uma experiência incrível. Eu amei”, afirmou.

Qualidade técnica das apresentações impressiona jurados

A árbitra internacional Flávia Fernandes ressaltou a importância do retorno das competições escolares para o desenvolvimento da modalidade em escala nacional, assim como para a evolução técnica das atletas.

“O evento foi ótimo. Na parte técnica, a maioria das meninas mostrou um trabalho excelente. A gente notou um aumento na qualidade de todos os times, inclusive nos que participaram pela primeira vez. Ter todos os estados brasileiros representados no JEB´s é um sinônimo de que o desporto escolar cresceu e está conseguindo alcançar de norte a sul do país”, analisou a árbitra, que possui 16 anos de carreira.

Paraná conquista título por equipes

A delegação paranaense somou cinco medalhas individuais e garantiu o título geral por equipes. A segunda colocação ficou com o time de Minas Gerais, seguido por Santa Catarina.

Paraná, Minas Gerais e Santa Catarina garantiram o primeiro, o segundo e o terceiro lugar, respectivamente, no título geral por equipes

Vencedora da rotina de arco, Ana Luisa Magnani destacou a emoção de conquistar seu primeiro título nacional escolar e conhecer a estrutura do evento e da Arena Carioca.

“Foram muitas emoções, eu conheci várias pessoas que são importantes pra mim e que me ensinaram muito. A estrutura toda é linda e saber que ginastas olímpicas já passaram por aqui é incrível. Não estava esperando ganhar, mas na semifinal eu fui muito bem. Estou extremamente feliz”, finalizou a ginasta.

Fechando com chave de ouro

A Cerimônia de Premiação foi realizada pela embaixadora do JEB´s e campeã olímpica da Maratona Aquática Ana Marcela Cunha, que se encantou com as apresentações das meninas e fez questão de parabenizar as equipes participantes.

Ana Marcela ainda deixou uma mensagem especial para todos os estudantes-atletas: “nunca desistam dos seus sonhos”.

Campeã olímpica Ana Marcela Cunha entregou as medalhas da modalidade

A realização dos Jogos Escolares Brasileiros segue até o dia 5 de novembro, com as demais modalidades que ainda disputam suas provas.


plugins premium WordPress