Skip to content

Notícias do JEB´s

Beleza da Ginástica Rítmica inicia os Jogos Escolares Brasileiros

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

As meninas da Ginástica Rítmica encantaram a Arena Carioca 1, no primeiro dia de competição dos Jogos Escolares Brasileiros 2021. Nesta quinta (28), mais de 80 estudantes-atletas apresentaram movimentos precisos e muita técnica nas rotinas individuais de arco e maças, cativando os expectadores presentes no Parque Olímpico. Na tarde de sexta, todas as ginastas voltarão à Arena para a segunda etapa de apresentações, a partir das 14 horas.

Vindas de todas as regiões do país, as atletas, com idade entre 11 e 12 anos, superaram o nervosismo da estreia e desfrutaram de suas apresentações embaladas por animadas canções.

JEB´s: esporte e educação andam juntos

O JEB’s é muito mais que um evento esportivo. É um intercâmbio de experiências e a realização do sonho de várias crianças e adolescentes. A felicidade da ginasta Maria Fernanda Fausto, representante da primeira delegação do Acre a participar da história do torneio, reforça a relevância da competição em escala nacional.

“Estou muito feliz em estar aqui. Para mim, não importa o resultado da disputa porque acredito que já é uma vitória chegar no JEB’s”, comentou a estudante-atleta.

A professora da equipe do Acre Elisandra de Freitas destacou a importância do evento para a disseminação da prática esportiva escolar e seus benefícios em diversos setores da educação infantil.

“É uma alegria muito grande participar do JEB´s. Tanto pela oportunidade de vir ao Rio de Janeiro, que é a primeira vez da nossa equipe, mas também pela convivência que é proporcionada durante todo o evento. Essa experiência vem com muito aprendizado, não apenas no âmbito esportivo, mas também na educação. As alunas estão vivendo uma realização e a gente sente essa emoção junto com elas” – disse a professora.

Cerca de três mil quilômetros separam as histórias de vida que o JEB´s reuniu no Parque Olímpico

Vinda do outro extremo do país, de Santa Catarina, Andriely Cichovick também aproveitou a oportunidade de conhecer o Rio de Janeiro e disputar o evento nacional em uma Arena Olímpica.

“É muito legal competir aqui, dá um frio na barriga, mas é muito bom. Temos a chance de conhecer pessoas novas, fazer amizades e ainda mostrar nosso potencial. Eu fui bem em minha apresentação. Tive uma queda, mas minha técnica falou que consegui me recuperar, então fiquei feliz. É uma conquista participar dos Jogos Escolares Brasileiros”, comentou.

Na sequência do torneio, além das finais por aparelhos, as atletas farão uma apresentação de gala com coreografias livres, para encerrar com chave de ouro a sua participação no JEB´s.


plugins premium WordPress